16 novembro 2016

Um sonho realizado :)



Nunca desistas de um sonho, mesmo que à beira de acontecer continue a parecer impossível. Eu realizei um!


09 novembro 2016

Playing now



Do velho se faz novo.

Welcome home, my sweet. :)


29 dezembro 2015

2015 - o balanço muito positivo



Quando comecei o ano não lhe conseguia adivinhar um futuro risonho. Não começou bem, foi avançando pior, mas dizem que o tempo tudo resolve e saber esperar é uma das coisas que temos de aprender na vida. Acho que já aí cheguei.

Com serenidade, o ano continuou o seu caminho e eu era parte dele. Passo a passo, quase no final, alcancei o que muito e há tanto queria. E o tal concurso deu frutos. Hoje estou onde ambicionava e que parecia impossível de acontecer.

Estou em mim e com a minha cabeça arrumada. O coração sereno e uma paz interior nunca antes alcançada comigo.

E nada melhor que terminar 2015 com planos para 2016. África será a viagem. E coração bem aberto para o que de bom estiver para chegar!

Um feliz ano novo! :)


30 maio 2015

Take 2 - Agora a sério!



Parece um rewind...
Junho, fechada em casa a estudar para um concurso.
Em julho, casamento no mesmo fds que tive um em 2014. Pelo meio, que apareça um gajo e me encha de paixão.
E desta que seja de vez! Que entre no concurso, que o gajo seja pra ficar. O ano passado foi para testar, este ano que seja a sério!
Assim como as minhas plantas, que voltaram a dar flor. :)

24 março 2015

A queda do anjo



Foste um sol que nasceu alto e começou a pôr-se antes do dia acabar... Ainda o dia estava a começar.

Agora é noite. E o sol de novo há-de nascer.


02 novembro 2014

My 1st doggy walk...



Lá fomos os dois, na espera pelo dono que acabou por tardar. Fizemos a volta, tormámos mais uma e voltámos a casa.

Gostei do passeio. Não fosse o peso da responsabilidade e levava-te mais vezes... Lá chegaremos um dia! :)


21 outubro 2014

6 meses depois...



Quase a terminar a luta pelo lugar ao sol... Foram 6 meses com o sentimento de um esforço inglório, mas ao chegar à final há uma esperança de quem veio até aqui por algum sentido.

Quando em Maio me sentei nesta mesa, sozinha, rodeada de folhas e meio perdida, nunca esperaria chegar a Outubro e ainda estar na corrida, muito menos com um cão ao pés, de um homem lindo que me apanhou pelo caminho.

De facto, é isto a vida.

E é continuar a acreditar para que volte a acontecer!